Roc2c Blog

If you need a real good pavement for your home, Roc2c has the solution for you!

15/01/18

Mosteiro da Batalha / Monastery of Batalha

   Depois da vitória na Batalha de Aljubarrota, travada a 14 de agosto de 1385, o rei D. João I cumpriu a sua promessa. Mandou construir o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, também conhecido como Mosteiro da Batalha.

  As obras deste excecional conjunto arquitetónico duraram mais de 150 anos, daí ter apontamentos de duas correntes artísticas - predomina o gótico manuelino mas também uns apontamentos renascentistas.

   Considerada uma das mais belas obras da arquitetura portuguesa e europeia, este conjunto monástico apresenta-nos uma igreja, dois claustros, a Capela do Fundador, as Capelas Inacabadas e dois panteões reais.

   Atualmente, o Mosteiro da Batalha assume-se como espaço de devoção, cultural e turístico. Integra também a Lista do Património da Humanidade definida pela UNESCO em 1983.

   Toda a zona envolvente ao grandioso Mosteiro é composta de Jardins e largos com apontamentos em Calçada Portuguesa.
   After the victory in the Battle of Aljubarrota, fought on August 14, 1385, King John I fulfilled his promise. He ordered the construction of the Monastery of Santa Maria da Vitoria, also known as the Monastery of Batalha.

   The works of this exceptional architectural ensemble lasted more than 150 years, so it has notes of two artistic currents - predominantly the Manueline Gothic but also some Renaissance notes.

   Considered one of the most beautiful works of Portuguese and European architecture, this monastery complex presents a church, two cloisters, the Founder's Chapel, the Unfinished Chapels and two real pantheons

   Currently, the Monastery of Batalha is assumed as a place of devotion, culture and tourism. It also integrates the List of World Heritage Sites defined by UNESCO in 1983.

   The whole area surrounding the majestic Monastery is composed of Gardens and Squares with notes in Portuguese Pavement.



Mosteiro da Batalha, Portugal
© Roc2c 

   
   Neste artigo iremos fazer destaque ao Praça D. João I e ao Jardim do Condestável pois são duas referências desta importante vila, situada na Região Centro Litoral de Portugal e que pertence ao distrito de Leiria.

   Este largo é rodeado por cafés, restaurantes e lojas tradicionais e em todo o seu chão podemos ver Calçada Portuguesa, que em 2013 (entre Abril e Setembro) sofreu uma requalificação e consequente melhoria paisagística que, de fato, estas nobres áreas merecem.

   
    In this article we will highlight Square D. João I and Jardim do Condestável because they are two references of this important town, located in the Center Region of Portugal and belonging to Leiria district.

  This square is surrounded by cafés, restaurants and traditional shops and on all its floor we can see Portuguese Pavement, that in 2013 (between April and September) it had a requalification and consequent landscape improvement that, in fact, these noble areas deserve.




Praça D. João I, Batalha
© Roc2c


Praça D. João I, Batalha
© Roc2c



  Nestas zonas envolventes existe uma combinação de cores, rosa, preto e branco, sendo a calçada rosa da serra algarvia, Sul de Portugal, a branca e a preta do maciço calcário da Serra de Aire e Candeeiros.

   Enquanto que sentados nos cafés e nos restaurantes do largo, os habitantes locais e turistas podem pôr a conversa em dia ou saber informações e curiosidades acerca do Mosteiro, no Jardim do Condestável as pessoas podem descansar, relaxar ou até ler um livro. Este local apresenta-nos um grande espaço relvado com muitas árvores a oferecer sombra e os tradicionais bancos de jardim. Entre todo este espaço verde e fresco existem passeios de calçada branca com contornos pretos.
  In these surrounding areas there was a combination of colors, pink, black and white, being the pink sidewalk of the Algarve mountain, Southern Portugal, the white and the black limestone massif of the Serra de Aire e Candeeiros.

     While sitting in cafes and restaurants in the square, locals and tourists can catch up on conversation or know information and curiosities about the Monastery, in the Condestável Garden people can rest, relax or even read a book. This place gives us a large lawny area with many shady trees and traditional garden benches. Among all this green and fresh space there are white sidewalk pavements with black outlines.






Combinação de cores, Calçada Portuguesa
© Roc2c


Jardim do Condestável
© Roc2c



   E agora perguntamos retoricamente. Porquê o nome de Jardim do Condestável?!

   Devido à estátua colocada há cerca de 50 anos no centro deste jardim. Estátua de D. Nuno Álvares Pereira, o Condestável do Reino e o autor da obra foi o escultor Leopoldo de Almeida.
   And now we ask rhetorically. Why the name of Condestável Garden?!

    Due to the statue placed about 50 years ago in the center of this garden. Statue of D. Nuno Álvares Pereira, the Constable of the Kingdom and the author of the work was the sculptor Leopoldo de Almeida.





Estátua de D. Nuno Álvares Pereira
© Roc2c

Sem comentários:

Enviar um comentário